Usuários on line

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

FOTOS EM FESTAS INFANTIS (DICAS)

Foto by Gatto (c)

Fotografia de festa infantil provavelmente é o ramo da fotografia que mais gosto. É muito prazeroso fotografar crianças, pois, ao contrário de fotografar adultos, que geralmente posam cada vez que veem a câmera apontada para eles, ou então, pedem para ver a foto após o clique, e caso não gostem, pedem para apagar, as crianças são mais espontâneas, e geralmente nem sequer notam que você está ali, registrando tudo. Eu, particularmente, acho fotografias espontâneas muito mais atrativas e sinceras.

A pré-festa

Antes da festa, é bom fechar um contrato com os pais do aniversariante, principalmente para estipular a duração do seu trabalho. Festas infantis não são como casamentos, que possuem um cerimonialista que controla tudo. Aniversários geralmente se desenrolam com mais naturalidade e sem muita pressão, então, o parabéns que estava marcado para às 22h pode só acontecer às 23h30, e para o fotógrafo pode não ser muito legal mais por questões físicas que profissionais (irei falar sobre isso mais adiante). Então, ao fechar o contrato, estabeleça uma duração limite, e uma hora antes do horário estipulado chegar, avise aos pais, para que eles tomem consciência.
Existem casos em que os pais perguntam sobre sua experiência em festas infantis e pedem conselhos. Um conselho que sempre dou é sobre o horário da festa. Convenhamos que fotografias tiradas durante o dia são na maioria das vezes mais bonitas. Podemos caprichar nos desfoques sem o risco de tremer ou granular a foto, e principalmente, sem usar o flash. Sou do tipo de fotógrafa que só usa o flash quando é extremamente necessário. Aniversário infantil pede suavidade, inocência, e nada como imagens claras para retratar isso.
Fora do Brasil é muito comum as festas infantis serem de dia. Por quê? A festa é para as crianças, durante o dia elas estão com o pique todo. Muitos pais ainda incluem piscinas e piqueniques nos aniversários, o que fica muito mais com um quê de infantil. O que acontece no Brasil é que as festas geralmente são mais para os pais do que para as crianças, onde eles se reúnem com amigos que têm filhos. Por isso, vamos tentar rever esse conceito e criar ambientes mais bonitos na luz do dia.
Sobre os desafios físicos: faça um alongamento antes. Se puder praticar exercícios regularmente, melhor ainda. Por quê? Quando você fotografa festas infantis, os protagonistas das fotografias são crianças. Crianças são baixinhas e você não vai querer ter fotos somente de cima para baixo, como se quem visse as fotos não fizesse parte do mundo delas. Então, deixe a preguiça de lado, e abaixe-se na altura delas. Sente no chão, arraste-se para se aproximar, esqueça-se do seu vestuário nessa hora. No final, o resultado será muito prazeroso.

A festa

Chegue meia hora antes para fotografar a decoração, os docinhos e a criança sozinha com os pais. Por mais que fotos espontâneas sejam mil vezes mais agradáveis, os pais sempre curtem ver seus filhos sozinhos, arrumadinhos (coisa que depois de minutos não existe mais), posando em meio à decoração. Então, dirija a criança a objetos temáticos da festa e peça para que sorria, segure bonecos e interaja com o espaço. Esse momento é bom também para fazer com que os pais tenham fotos com os filhos, pois durante a festa eles geralmente se ocupam com outros convidados e com os outros serviços contratados para o aniversário, como buffet e DJ.
Após todas essas “obrigações”, chega a hora de o fotógrafo usar a imaginação. Fotografe tudo que chamar a atenção, observe tudo e se foque nas crianças, principalmente no aniversariante. Não pare para pedir fotos posadas (a não ser com os parentes), clique o que estiver acontecendo no momento, abuse de fotos em movimento, aproveite as brincadeiras para pensar em ângulos ousados, sem interferir muito. E lembre-se, fotografe na altura dos pequenos.

O parabéns

Depois de tudo isso, vem o parabéns, auge da festa, em que o fotógrafo tem que se rápido para não perder nenhum momento. Os pais não irão perdoar se não tiver uma foto do filho apagando a vela. Pergunte se irá ter alguma surpresa no parabéns, para que não seja pego desprevenido.
Fonte: http://www.fotografia-dg.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário